OS DEMÔNIOS GAFANHOTOS


 

OS DEMÔNIOS GAFANHOTOS
 
 
Pr. Ricardo Raymundo

 
Talvez você possa dizer que estamos indo "longe demais" ao desenvolver um estudo com este tema, porém gostaria de mostrar com apoio da Palavra de Deus, como existem demônios específicos para operar na área das finanças e propriedades, e como o povo tem perecido pela falta deste conhecimento.
 
Em Joel 1.4, a palavra de Deus diz: "O que deixou o gafanhoto cortador,  o gafanhoto migradorcomeu; o que o migrador deixou, o gafanhoto devorador comeu; o que o devorador deixou, o gafanhoto destruidor comeu".
 
A palavra de Deus nos adverte acerca de quatro gafanhotos diferentes. Em poucas palavras identifico a função de cada um deles.
 
CORTADOR:
 
Sua função é cortar; quando encontra legalidade na vida do crente, ou do homem desconhecedor da palavra de Deus, este demônio impede que as "bênçãos adicionais" cheguem a seus celeiros ele fecha as portas, trava as portas das finanças.  É a primeira fase do ataque espiritual na vida financeira.
 
Um crente próspero está acostumado a ser sustentado pelo Senhor com surpresas adicionais, tais como aumentos de salário, promoções, presentes significativos, ofertas, e bênçãos desta natureza. A primeira coisa que o diabo faz é enviar o demônio apelidado "cortador" para impedir que tudo o que seja adicional na vida de um crente seja cortado. Muitos vivem desta forma, recebendo sempre o fruto do seu trabalho, porém nada a mais. Justo x Justo, apenas.
 
MIGRADOR:
 
Como o nome diz, este demônio tem a função de MIGRAR, ou seja, levar para longe o que deveria ficar perto de nós. Observe o texto de Isaías 45.3:
 
"Dar-te-ei os tesouros escondidos e as riquezas encobertas, para que saibais que eu sou o Senhor...”.
 
Os tesouros escondidos são propriedades que já deveriam estar em nossas mãos, mas não chegam, pois estão escondidas pelo MIGRADOR.
Ele vem de tempos em tempos, atua nas gerações da mesma família, para levar o que é seu.                      
Outra forma que o migrador trabalha é tirando de nossas vidas tudo aquilo que adquirimos acima do nosso "teto padrão", ou seja, acima do "suor do nosso rosto".
 
DEVORADOR:
 
O devorador não trabalha com os adicionais, como os anteriores. Ele é responsável pela esterilidade e destruição financeira e devora velozmente até a raiz. Este demônio tem o poder de devorar tudo o que foi adquirido pelo "suor do rosto" do homem. Ele não corta como o cortador, nem esconde como o migrador. Sua função é destruir completamente, tornando o bem irrecuperável. Veja Joel 2.25.
 
"Restituirei os anos que foram consumidos pelo migrador, pelo destruidor e pelo cortador"...
 
Observe que o devorador não entra na lista da restituição. O crente que não dá o dízimo abre legalidade para o devorador tirar o suor de seu rosto, e este mal é irrecuperável!
Só há uma forma de neutralizar este demônio, leia Malaquias 3.11.
 
 
DESTRUIDOR:
 
Destrói a vida das pessoas completamente, pois atua após a ação do migrador, cortador e do devorador... Neste momento a pessoa chega ao "fundo do poço". Conheço dezenas de pessoas que tinham de tudo, e agora não tem nada... São vítimas do destruidor. Tira a alegria de viver, tira a vida das pessoas que vem por meio do desespero que leva ao suicídio, homicídio, adultério, vícios, levando muitas vezes a sarjeta, provoca acidentes, gerador de miséria, roubos, furtos, destroem casamentos, famílias, luto, dor, enfermidades. Este é o último estágio da aniquilação por parte de uma ação demoníaca ele vem e age na própria vida e não mais nos bens. Não brinque com Deus!
 
NEM TUDO ESTÁ PERDIDO, POIS EXISTE UMA PROMESSA DE RESTITUIÇÃO:
 
Existe uma promessa bíblica para a restituição dos bens levados por Satanás; está descrita em Joel 2.23-27, porém lembre-se, tudo o que foi levado pelo devorador, não tem como restituir. Sendo assim, seja fiel para com o teu Deus. E desfrute o melhor de Deus para sua vida. Jesus tem quatro formas de te abençoar, leia Lucas 6.38 – o segredo é Dar e observe o que você alcançará.
Jesus disse também, “dai a César o que é de César, mais daí a Deus o que é de Deus”. 
 
Vamos avançar, vamos prosseguir para o alvo como está escrito em Filipenses 3.13,14 – Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”.
 
Vamos avançar adiante na fidelidade.
 
Paz!


Este estudo foi visualizado 7490 vez(es)